LINHA DO TEMPO
01/04/2014

Curso estimula projetos de sustentabilidade e educação ambiental

Atividade compõe o Projeto Rio Tigre, patrocinado pela Petrobras Ambiental

Um processo intenso de reconhecimento de valores e aplicação de conceitos terá início em escolas e uma empresa do norte do Rio Grande do Sul, nos próximos meses. Em 108 horas de curso em Gestão e Educação Ambiental, professores, acadêmicos e gestores foram capacitados para desenvolver em seus estabelecimentos de ensino, projetos de sustentabilidade e educação ambiental. A atividade é uma das metas do Projeto Rio Tigre, realizado pela Eloverde e patrocinado pela Petrobras Ambiental. Na última semana, a segunda turma do curso reuniu-se na Escola Estadual Dr. Sidney Guerra, em Erechim. Até o momento, 52 profissionais de municípios como Tapejara, Erval Grande, Erebango e a cidade sede, Erechim, já foram capacitados pelo Projeto Rio Tigre.

Além de melhorar a qualidade de ensino, os projetos também podem e devem influenciar de forma positiva nas comunidades onde as instituições estão inseridas. Quando aplicados, eles contribuirão para o debate e a reflexão sobre a relação da escola com questões sociais e ambientais. Estas são algumas das apostas do curso que iniciará uma nova turma no dia 3 de abril. Quem já participou, diz que aprova a iniciativa.

Para Carolina Landarini, que atua no setor de controle de qualidade de uma empresa de Erechim, os problemas e contextos de escolas e empresas são parecidos.  “O desafio é o mesmo: conseguir fazer com que as pessoas despertem para um olhar diferente, tanto faz se ele é um aluno, profissional ou amigo. Quando você forma um funcionário, acaba formando a família dele também, através dos conceitos que ele leva. Há pessoas que realmente usam o aprendizado que obtiveram dentro da empresa, em suas casas, além de pulverizar esse conhecimento”, explica.

“O curso é do interesse de todos”, enfatiza o diretor da Escola Estadual Dr. Sidney Guerra, Evandes Meneghetti. “Acredito que não somente eu, como os demais participantes, estão achando interessante a forma como o tema está sendo exposto. Estamos agora na expectativa das práticas”, reforça.

Em sua escola, o diretor vê na aplicação do projeto um grande desafio. “Mobilizar e fazer as pessoas compreenderem  são alguns dos principais desafios que qualquer direção tem. Em segundo lugar há a captação de recursos para que possamos fazer o projeto andar”, explica.

“Nós da organização do curso nos sentimos agraciados pela oportunidade de estar junto a docentes que podem levar para o seu dia-a-dia, de forma mais consistente, a educação ambiental aos jovens e comunidade. Daremos suporte técnico durante a elaboração e realização dos projetos nas escolas e com isto atingir um dos  objetivos do projeto Rio Tigre”, destaca a equipe da Eloverde.

Informações sobre o curso: eloverde@gmail.com, ou (54) 3522-9659.

Linha Tempo